Os eclipses (julho de 2019)

Published by lea.beatriz on

Os eclipses solares e lunares acontecem quando a Terra, o Sol e a Lua estão alinhados. No mês de julho teremos 2 eclipses, o primeiro será um eclipse solar total (que será parcialmente visível em algumas cidades do Brasil) e acontecerá no dia 02 de julho (Lua Nova) e o segundo será um eclipse lunar parcial (não visível no Brasil) e acontecerá no dia 16 de julho (Lua Cheia).

Os eclipses trazem surpresas e revelações, principalmente para aquelas pessoas que, na carta natal, possuem algum astro nas proximidades do grau onde o eclipse ocorre. Portanto, estar atento e consciente nos momentos próximos aos eclipses é importante para evitar tumultos, finalizações bruscas ou decisões precipitadas, pois o efeito pode ser uma alteração inesperada de direção, por exemplo.

02 de julho – Eclipse Solar Total – Lua Nova – 10º de Câncer

A sombra da Lua é projetada sobre a superfície da Terra.

No eclipse solar a força da Lua está mais valorizada porque é ela que está à frente. A Lua está encobrindo a luz solar e, portanto, existe um risco maior de as emoções tomarem o comando. Este eclipse acontecerá no signo de Câncer, domicílio lunar, ou seja, estaremos mais sujeitos às marés emocionais. Pode ser que sentimentos como rancor, não acolhimento, traições apareçam, e por isso aquelas pessoas que tiverem oportunidade de definir situações instáveis antes desta data serão favorecidas em seus resultados. Não é aconselhável deixar para tomar decisões importantes sob a influência de um eclipse, pois os resultados, geralmente, fogem ao esperado.

Atenção, também, para não “recuperar” padrões ruins ou vícios que já haviam sido deixados para trás.

16 de julho – Eclipse Lunar Parcial – Lua Cheia – Sol em 24º de Câncer e Lua em 24º de Capricórnio

A sombra da Terra é projetada sobre a Lua.

No eclipse lunar a sombra da Terra impede que a Lua reflita a luz solar, e, nesse momento, conseguimos ver a Lua na sua forma real. Por isso, nos momentos de eclipse lunar, pode acontecer de percebermos situações que não víamos antes, o famoso “lixo debaixo do tapete”. Este eclipse acontecerá com o Sol no signo de Câncer e a Lua no signo de Capricórnio, em conjunção com Plutão. Essa conjunção fortalece uma capacidade de frieza e desapego, e, novamente, não é aconselhável deixar pra tomar decisões importantes nas datas muito próximas ao eclipse, pois as perdas podem ser irrecuperáveis. Essa energia pode ser utilizada para se traçar estratégias de autossuperação.

E a vida segue. Não é preciso temer a energia dos eclipses. Eles são aquelas visitas surpresas que aparecem para quebrar o conforto do previsível e precipitar mudanças; para nos lembrar de que damos conta de lidar com o que foge à regra e de que esse movimento de sair do programado, ainda que abrupta e radicalmente, também traz as suas riquezas.

Publicado no jornal Deusa Viva – junho de 2019


0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *